Pular para o conteúdo principal
  • Nossos produtos Nossos produtos Nossos produtos
  • Sustentabilidade Sustentabilidade Sustentabilidade
  • Trabalhe Conosco Trabalhe Conosco Trabalhe Conosco
  • Investidores
  • Conheça AES Conheça AES Conheça AES
  • My AES
    Choose your location
    PT-BR
    Choose location

    AES Global

    AES Local

    Andes Argentina Brasil Bulgaria Chile Colombia Dominicana El Salvador India Indiana México Ohio Panama Puerto Rico Vietnam
    Buscar
    Search AES

    AES Tietê prevê o dobro de investimento em Inovação para 2020

    Aportes podem alcançar R$ 14,7 milhões dando sequência a projetos já existentes e outros inéditos AES Tietê prevê o dobro de investimento em Inovação para 2020

    Acreditando que a inovação é a chave para impulsionar negócios, a AES Tietê estima investimento de R$ 14,7 milhões em 2020, o dobro do ano anterior. A companhia faz um balanço positivo dos projetos realizados que contribuíram para o mercado e seguem em evolução, a exemplo do armazenamento de energia por baterias, um dos mais representativos do setor elétrico.

    Inovação é um tema estratégico para a maioria das empresas e na AES Tietê é prioridade. Segundo o ranking Valor Inovação 2019, o setor elétrico está entre os dez que mais investem em P&D. Em 2019, a AES Tietê aportou R$ 7,9 milhões em cerca de 20 projetos dentro dos pilares soluções digitais em energia, ferramentas de confiabilidade e qualidade energética, gestão de energia, novas fontes de geração, armazenamento de energia, geração distribuída, sustentabilidade e meio ambiente.

    O ano foi marcado pela sequência de projetos relevantes para a companhia e o setor, como a 2ª chamada do Programa de Aceleração de Startups que selecionou movE e Mitsidi Brain para o aporte de R$ 1,5 milhão em projetos de mobilidade elétrica e eficiência energética. Ambos se encontram em fase de desenvolvimento e fazem parte da estratégia da companhia de antecipar tendências no setor quando o assunto é desenvolvimento de soluções disruptivas.

    De acordo com a United Nations Industrial Development Organization (UNIDO), a utilização de sistemas de gerenciamento da energia através de robôs programados por algoritmos pode reduzir em até 30% o consumo de energia elétrica na indústria. Dois projetos da AES Tietê utilizam tecnologia da informação para tornar a gestão energética mais eficiente, confiável e sustentável.

    A microrrede é uma solução inteligente behind-the-meter de gerenciamento e otimização de recursos energéticos distribuídos com foco na redução do custo da energia. Já o VPP (Virtual Power Plant) é um sistema que integra virtualmente diversos recursos e possui aplicações de suporte à rede e comerciais, monitorando, via software, ativos energéticos, garantindo a otimização do sistema e a monetização das transações.

    A companhia vem se mostrando pioneira no setor. Em 2018, apresentou o primeiro projeto no Brasil de armazenamento de energia por baterias implementado junto a uma usina hidrelétrica conectado ao Sistema Interligado Nacional. Também inovou ao promover em 2016 a primeira chamada pública para seu Programa de Aceleração de Startups, de acordo com as regras do Programa de Pesquisa e Desenvolvimento da Aneel. Em outubro do ano passado, anunciou o desenvolvimento do primeiro balcão organizado no Brasil para comercialização de energia com tecnologia blockchain.

    No mês de fevereiro, o programa Summer Job, promovido pelo Centro de Estudos e Sistemas Avançados do Recife (CESAR) e patrocinado pela AES Tietê concluiu a primeira edição de 2020. Estudantes de diferentes cursos universitários em Curitiba (PR) participaram do desafio de apresentar soluções sobre “Como automatizar os relatórios de inspeção de segurança?” e “Como otimizar os sistemas de resfriamento das unidades geradoras de nossas usinas hidrelétricas?.

    Atenta ao mercado de veículos elétricos que deve crescer até 500% em cinco anos e o número de carros convencionais será inferior ao de veículos elétricos nos próximos 20 anos, segundo a Bloomberg New Energy Finance (BNEF), a AES Tietê se volta para projetos de eletromobilidade. O projeto vem sendo desenvolvido com a startup Move, como desdobramento do Programa de Aceleração da companhia, com o objetivo de conectar condutores de veículos elétricos, donos de eletropostos e comercializadoras de energia, monetizando oportunidades neste mercado.

     

    Sobre a AES Tietê

    A AES Tietê atua como uma plataforma integrada de energia renovável com soluções customizadas de acordo com a necessidade de seus clientes. Está entre as maiores companhias privadas de geração do Brasil, atuando no país há 20 anos. O Centro de Operações de Geração de Energia (COGE), localizado em Bauru (SP), é o mais tecnológico do país e opera remotamente todos os ativos da companhia.    

    No portfólio, composto por geração hídrica, solar e eólica, estão 9 usinas hidrelétricas e 3 pequenas centrais hidrelétricas, dois Complexos Solares, Guaimbê e Ouroeste, em São Paulo, além do Complexo Eólico Alto Sertão II, na Bahia. Recentemente, a companhia anunciou investimento na construção do Complexo Eólico Tucano, também no estado da Bahia.

    www.aestiete.com.br

     

    Sobre AES Tietê

     

    Informações para imprensa AES Tietê:

    Heloisa Nicacio - heloisa.nicacio@inpresspni.com.br

    Plínio Varoni - plinio.varoni@inpresspni.com.br

    11 4197-4999 e 11 94264-6300

    Back to top
    Nossos produtos
  • Nossas ofertas
  • Seu perfil
  • Sustentabilidade
  • Crescimento limpo & inovação
  • Nossas pessoas
  • Parcerias com a comunidade
  • Relatórios e políticas
  • Estratégia de sustentabilidade
  • Trabalhe conosco
  • Conheça nossas pessoas
  • Trabalhe Conosco
  • Para a imprensa
  • Comunicados de imprensa
  • Para sócios
  • Contratados e fornecedores
  • Sobre nós
  • Nossa história
  • Nossa liderança
  • Global x local
  • Fale conosco
  • LGPD
  • Ética & compliance
  • Jump back to top