Pular para o conteúdo principal
  • Nossos produtos Nossos produtos Nossos produtos
  • Sustentabilidade Sustentabilidade Sustentabilidade
  • Trabalhe Conosco Trabalhe Conosco Trabalhe Conosco
  • Investidores
  • Conheça AES Conheça AES Conheça AES
  • My AES
    Choose your location
    PT-BR
    Choose location

    AES Global

    AES Local

    Andes Argentina Brasil Bulgaria Chile Colombia Dominicana El Salvador India Indiana México Ohio Panama Puerto Rico Vietnam
    Buscar
    Search AES

    AES Tietê anuncia a distribuição de R$ 132 milhões em dividendos no 2T20, com dividend yield de 8,9%

    Estratégia de crescimento em portfólio 100% renovável garante à companhia R$ 275,6 milhões de Ebitda e lucro líquido de R$ 119 milhões no período AES Tietê anuncia a distribuição de R$ 132 milhões em dividendos no 2T20, com dividend yield de 8,9%

    No segundo trimestre de 2020, a AES Tietê anuncia a distribuição de R$ 132 milhões em dividendos, mantendo o payout acima de 100%, com dividend yield (retorno gerado pelo dividendo) de 8,9%.  Marcado pelo forte resultado operacional e financeiro, a companhia obteve crescimento de 16% em sua margem líquida, totalizando R$ 362,9 milhões. A margem robusta e a manutenção das despesas operacionais resultaram em um Ebitda de R$ 275,6 milhões, crescimento de 22% em relação aos R$ 226,2 milhões alcançados no 2T19. Já o lucro líquido da companhia foi de R$ 119 milhões, um incremento de 236% em comparação ao mesmo período do ano passado, em que atingiu R$ 35,4 milhões.

    “Tenho grande satisfação de dividir nossas realizações do 2º trimestre, que foi muito importante para a empresa em todas as áreas. Fizemos uma aquisição importante de um ativo eólico no Rio Grande do Norte, crescendo nosso portifólio 100% renovável; entregamos um resultado financeiro bastante robusto com a contribuição ativa do nosso time comercial e gestão ativa de controle de custos; tivemos recorde de disponibilidade em Alto Sertão II e fomos reconhecidos como os melhores operadores solares. Além de tudo isso, anunciamos a migração da companhia para o mais alto grau de Governança da Bovespa, o Novo Mercado”, explica Clarissa Sadock, CFO e diretora de Relações com Investidores da AES Tietê, enfatizando que o perfil renovável da empresa associado à obsessão pela segurança dos colaboradores, e agora no Novo Mercado, permitiram fechar com chave de ouro o posicionamento diferenciado em ESG.

    Olhando para o futuro, a CFO afirma que a companhia manterá o foco na busca incansável pela otimização das operações. “Além disso, vamos seguir focando nosso crescimento na decisão acertada de crescer se mantendo 100% renovável, que a cada dia é mais valorizado e exigido pelo mercado”. 

    Ainda com foco na gestão comercial de seu portfólio energético, a AES Tietê estruturou, no início deste ano, uma mesa de comercialização a fim de ter um time dedicado ao relacionamento com outros geradores e comercializadoras de energia, monitorando diariamente as condições de mercado, buscando ativamente executar operações de compra e venda de energia capazes de agregar margem e/ou reduzir risco do portfólio.

    Nova aquisição em eólica consolida a estratégia de crescimento da companhia em renováveis e a diversificação de sua matriz

    Além dos resultados do último trimestre, a companhia anuncia também a aquisição de mais um parque eólico, com 187MW de capacidade, 100% em operação. O Complexo Eólico Ventus vem a somar ao novo cluster eólico localizado no Rio Grande do Norte, que inclui o acordo de compra já anunciado de 1,1 GW de projeto greenfield, pronto para atender a demanda (Complexo Eólico Cajuína). O novo parque contribuirá com o resultado após a finalização da aquisição, com expectativa para ocorrer no quarto trimestre deste ano.

    Foco em ESG e fontes renováveis

    Em linha com sua estratégia de geração de valor, a AES Tietê será migrada para o Novo Mercado, segmento especial de listagem da B3. A migração visa a promover as melhores práticas de governança exigidas pelo Regulamento do Novo Mercado e o esperado aumento de liquidez das ações da empresa. “A companhia é uma das maiores geradoras de energia elétrica renovável do País. Já somos benchmark na categoria Ambiental e Social com nossa matriz energética 100% renovável e nosso foco em nossos colaboradores. A migração para o novo mercado nos deixa ainda mais forte em Governança também”, afirma Clarissa. 

    Atualmente, a AES Tietê conta com um portfólio de ativos renováveis com uma capacidade instalada total de 3,9 GW, sendo 2.658,4 MW hídrico, 708,4 MW eólico em operação (incluindo o novo ativo), 386 Alto Sertão II e 322 MW eólico em construção e 299,1 MW solar, incluindo uma planta de geração distribuída. Além disso, a companhia possui em desenvolvimento parte do pipeline eólico, ainda em negociação, que poderá adicionar até 1,4 GW de capacidade instalada, e três plantas de geração distribuída em construção, que juntas totalizam 9,0 MW. Após a finalização dos projetos em desenvolvimento, o portfólio da companhia contará com 5,3 GW de capacidade instalada.

    Do ponto de vista operacional, a excelência da empresa garantiu no segundo trimestre recorde de 98% na disponibilidade do Parque Eólico Alto Sertão II, fruto de um trabalho minucioso da equipe interna que supervisiona com tecnologia de ponta todo o processo de manutenção das operações. 

    Mais um fato corrobora para enfatizar a expertise da companhia na administração de empreendimentos de fontes renováveis. O Complexo Solar Boa Hora (Fase 1 do Parque Solar Ouroeste) foi eleito um dos parques solares mais eficientes do País em termos de fator de capacidade, com suas plantas classificadas em 1º, 2º e 4º lugares no ranking nacional das usinas solares da ePower-Bay.  

    Ainda em linha com as fontes renováveis, a AES Tietê foi pioneira na comercialização de I-RECs no Brasil, certificado global que comprova a geração de energia por meio de fontes renováveis, garantindo rastreabilidade, valorização e engajamento do usuário com as causas ambientais. “Da comercialização da energia gerada pelas usinas ao desenvolvimento de soluções de energia renovável de pequeno e grande portes, a empresa se apresenta como viabilizadora da integração da sustentabilidade aos negócios dos clientes”, explica Clarissa.

    Os investimentos em inovação continuam sendo foco da empresa, que busca constantemente as melhores práticas, tanto com desenvolvimento interno quanto pela rede de parceiros formada com os Institutos de Ciência e Tecnologia (ICTs), universidades e startups. “Por meio da nossa estratégia sempre pautada em crescimento, portfólio renovável, foco no cliente e tecnologia visamos a criar soluções disruptivas, de fácil aplicação, capazes de agregar funcionalidades e facilitar a vida dos usuários”, conclui a CFO.

     

    Sobre a AES Tietê

    A AES Tietê atua como uma plataforma integrada de energia renovável com soluções customizadas de acordo com a necessidade de seus clientes. Está entre as maiores companhias privadas de geração do Brasil, atuando no país há 20 anos. O Centro de Operações de Geração de Energia (COGE), localizado em Bauru (SP), é o mais tecnológico do país e opera remotamente todos os ativos da companhia. No portfólio, composto por geração hídrica, solar e eólica, estão nove usinas hidrelétricas e três pequenas centrais hidrelétricas, dois Complexos Solares, Guaimbê e Ouroeste, em São Paulo, além do Complexo Eólico Alto Sertão II, na Bahia. Recentemente, a companhia anunciou investimento na construção do Complexo Eólico Tucano, também no estado da Bahia.

    www.aestiete.com.br

     

    Informações para imprensa:

    Andréa Almeida – andrea.almeida@temp.inpresspni.com.br

    Plínio Varoni – plinio.varoni@inpresspni.com.br

    11 99246-4532/ 11 98168-3045 

    Back to top
    Nossos produtos
  • Nossas ofertas
  • Seu perfil
  • Sustentabilidade
  • Crescimento limpo & inovação
  • Nossas pessoas
  • Parcerias com a comunidade
  • Trabalhe conosco
  • Conheça nossas pessoas
  • Trabalhe Conosco
  • Para a imprensa
  • Comunicados de imprensa
  • Para sócios
  • Contratados e fornecedores
  • Sobre nós
  • Nossa história
  • Nossa liderança
  • Global x local
  • Fale conosco
  • Ética & compliance
  • Jump back to top