Pular para o conteúdo principal
  • Nossos produtos Nossos produtos Nossos produtos
  • Sustentabilidade Sustentabilidade Sustentabilidade
  • Trabalhe Conosco Trabalhe Conosco Trabalhe Conosco
  • Investidores
  • Conheça AES Conheça AES Conheça AES
  • My AES
    Choose your location
    PT-BR
    Choose location

    AES Global

    AES Local

    Andes Argentina Brasil Bulgaria Chile Colombia Dominicana El Salvador India Indiana México Miami Valley Lighting Ohio Panama Puerto Rico Vietnam
    Buscar
    Search AES

    AES Brasil é premiada durante o EGAESE 2020

    Três projetos apresentados pela companhia foram premiados AES Brasil é premiada durante o EGAESE 2020

    Na edição 2020 do Prêmio Nacional de Gestão de Ativos, que ocorreu de 23 a 27 de Novembro no EGAESE, a AES Brasil chegou na final com três projetos e conquistou premiações para todos, sendo: “Melhorias no Ciclo de Vida de Turbinas Eólicas”, apresentado pelo engenheiro mecânico Maurício André Nunes, ficou em primeiro lugar na categoria Gestão de Ativos e Atividades do Ciclo de Vida;  também foi primeiro colocado, o trabalho sobre “Estratégias de monitoramento de performance e desvios operacionais de ativos físicos”, exposto pelo engenheiro elétrico Marlos Diógenes Lucas, na categoria Tecnologia e Inovação; “Criação do centro de serviços compartilhados como plataforma de suporte ao crescimento da companhia”, apresentado pelo Gerente do CSC  Dario Henrique de Oliveira, alcançou o segundo lugar em Gestão Estratégica.

    Também participaram do EGAESE - Evento de Gestão de Ativos para as empresas do Setor Elétrico, na categoria internacional, colaboradores da AES da Argentina e Colômbia, com o Projeto Conectados: Um desafio para a América do Sul – Como agregar valor ao negócio regional através de um único Sistema de gestão?, apresentado por Jennifer Vanessa Lamprea Meza, líder de Mejora Continua; e Jorge Mores, gerente de Normas y Estandares, ambos da AES SBU South America.

    Além das apresentações dos trabalhos, os executivos da AES Brasil Ítalo Freitas, CEO, e Anderson Oliveira, diretor de Operações, participaram do evento. Freitas apresentou o tema “Uma década de evolução na gestão de ativos no Brasil e ressaltou os principais momentos da história da companhia como o início da implementação, em 2009, de um sistema de gestão de ativos físicos, certificado em 2012 no PAS 55, com intuito de melhorar a performance dos ativos críticos da empresa. Além disso, o presidente abordou os três grandes ciclos de melhoria contínua do sistema de gestão de ativos, pontuando as novas tecnologias disponíveis no mercado e a certificação ISO 55001 que a empresa conquistou em 2015, colocando-a como pioneira no setor elétrico. “Com tudo que fizemos, e continuamos fazendo, nesses dez últimos anos, hoje podemos dizer que somos referência em como gerir ativos”, afirma Freitas.

    Já o diretor de Operações, Anderson Oliveira, ressaltou como a cultura de gestão de ativos tem ajudado a empresa durante a pandemia. Também enfatizou que a busca pela melhoria contínua está enraizada na cultura da AES Brasil. “O sistema de gestão de ativos trouxe como resultado a queda acentuada do indicador de paradas forçadas, aumento de disponibilidade das Unidades Geradoras e a melhoria nos demais indicadores operacionais. Além disso, dentro de operações centralizadas, a AES Brasil foi a primeira empresa a conquistar a validação do Operador Nacional do Sistema (ONS) para operação remota”, afirma Oliveira.

     

    Sobre a AES Brasil

    Acelerando o futuro da energia há mais de 20 anos, a AES Brasil é uma empresa geradora a partir de fontes 100% renováveis, que atua como plataforma integrada adaptável às demandas dos clientes. As soluções oferecidas pela companhia são customizadas, sempre buscando agregar valor e contribuir para a sustentabilidade do planeta. Atualmente, a AES Brasil conta com um portfólio de ativos renováveis com uma capacidade instalada total de 3,9 GW. Toda a energia gerada é proveniente de nove usinas hidráulicas; três pequenas centrais hidrelétricas (PCHs) e dos Complexos Solares Guaimbê e Ouroeste, que estão localizadas no estado de São Paulo e do Complexo Eólico Alto Sertão II localizado no estado da Bahia. Além disso, conta ainda com o Complexo Eólico Tucano, na Bahia, ainda em construção, o recém adquirido Complexo Eólico Ventus , situado no Rio Grande do Norte, e um pipeline de projetos, chamado Complexo Eólico Cajuína (RN), formando um novo cluster no Rio Grande do Norte.

     

    Informações para imprensa

    (11) 94264-6300 ou (11) 99246-4532
    aes.imprensa@aes.com

    Back to top
    Nossos produtos
  • Nossas ofertas
  • Seu perfil
  • Sustentabilidade
  • Crescimento limpo & inovação
  • Nossas pessoas
  • Parcerias com a comunidade
  • Relatórios e políticas
  • Estratégia de sustentabilidade
  • Trabalhe conosco
  • Conheça nossas pessoas
  • Trabalhe Conosco
  • Para a imprensa
  • Comunicados de imprensa
  • Para sócios
  • Contratados e fornecedores
  • Sobre nós
  • Nossa história
  • Nossa liderança
  • Global x local
  • Fale conosco
  • LGPD
  • Ética & compliance
  • Jump back to top